Brasil ganha prêmio Fóssil do Dia na COP 24

(Foto: Divulgação)

Por retirar a sua candidatura a país-sede da COP 25, o Brasil recebeu o prêmio Fóssil do Dia, uma premiação irônica organizada pela Climate Network, que reúne mais de mil ONGs ambientalistas de todo mundo.

Outro fator que contribuiu para o prêmio foram as declarações do próximo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, que afirmou que os estudos científicos que comprovam o aquecimento global simbolizam um “marxismo cultural globalista”.

Na justificativa para a premiação, a Climate Network afirmou que o Brasil, país onde nasceu a convenção climática da ONU, se tornou motivo de chacota. Esta é a primeira vez na história das conferências que um chefe de estado que ainda não assumiu o governo ganha o prêmio.

Ano passado, o Brasil também ganhou o Fóssil do Dia após uma medida provisória que propõe reduzir os impostos sobre a produção de petróleo e gás.

** Com informações do G1