Entra em vigor o Acordo de Paris sobre o Clima

Entra em vigor nesta sexta-feira, 04 de novembro, o Acordo de Paris. Um tratado internacional desenvolvido durante a Conferência do Clima (COP21) da ONU no ano passado, que visa impedir o aumento da temperatura do planeta em até 2ºC.

Para comemorar este dia histórico para as pessoas e para o planeta, o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, reuniu representantes da sociedade civil para compartilhar suas contribuições para os objetivos do Acordo de Paris, bem como as suas visões e preocupações.

Para se tornar lei internacional, o Acordo de Paris teve que cumprir duas condições: ser ratificado por mais de 55 países, que correspondam a, no mínimo, 55% das emissões globais dos gases de efeito estufa.

As metas foram atingidas no último dia 05 de outubro, quando 73 Estados-membros responsáveis por 56,87% das emissões ratificaram o acordo. Trata-se da mais rápida ratificação da história da ONU. Para se ter uma ideia, o Protocolo de Quioto demorou sete anos para ser colocado em prática.

“O que antes parecia impensável agora não pode ser parado. O forte apoio internacional para o Acordo de Paris entrar em vigor é a prova da urgência para a ação, e reflete o consenso dos governos de que uma cooperação global robusta é essencial para enfrentar o desafio do clima”, afirmou o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Para o diretor do Grupo de Líderes Corporativos do Príncipe de Gales, Jill Duggan, este é o momento para mudanças serem feitas em prol do desenvolvimento sustentável, principalmente por empresas.

“A velocidade sem precedentes que está impulsionando a rápida entrada em vigor do Acordo de Paris mostra a enorme importância do desafio climático para os governos em todo o mundo, apesar da turbulência política que emergem em muitas economias. A importância do Acordo de Paris e seu impacto universal não podem ser subestimados. A transição para uma economia de carbono zero é inevitável. Agora é o momento para as empresas comecem a se preparar para um futuro de carbono zero”, explicou Duggan.

Na próxima segunda-feira, 07 de novembro, começa a Conferência das Partes (COP 22), que será realizada na cidade de Marrakech, Marrocos.

Assista ao vivo a cerimônia do Acordo de Paris: http://webtv.un.org/