Congresso terá que ratificar Acordo do Clima de Paris

(Foto: Tomaz Silva / Agência Brasil)

De acordo com a ministra de Meio Ambiente, Izabella Teixeira, em abril acontecerá em Nova York, nos Estados Unidos, uma cerimônia para assinar o acordo. Depois que os países assinam o tratado de direito internacional, o Congresso Nacional de cada país tem que ratificar.

Segundo ela é preciso que 55% dos 195 países que participaram da COP 21 ratifiquem o acordo para que ele entre em vigor. “Isso normalmente compreende um tempo de três a quatro anos”, calcula.

As propostas do Brasil na COP 21 são calcadas no uso da terra e em energia. A meta é que 45% da matriz energética seja renovável até 2030 e, segundo Izabella Teixeira, o Brasil terá que fazer opções tecnológicas agora para se ter esses resultados no horizonte previsto. A meta é reduzir em 43% as emissões de gases do efeito estufa até 2030 e em 37% até 2025″.