Governos regionais se unem para limpar o ar

(Foto: Pixabay)

Dez governos regionais se uniram a campanha Breathe Life para combater a poluição do ar e melhorar a qualidade do ar de acordo com os padrões da Organização Mundial da Saúde (OMS) até 2030.

Para melhorar o ar, os governos de Gossas (Senegal), Jalisco e Campeche (México), Planalto (Benin), Catalunha e País Basco (Espanha), Chaco (Argentina), Azuay (Equador), Lombardia (Itália) e Valle de Aburra (Colômbia), que somados abrangem 3 mil municípios e uma população total de mais de 35 milhões de habitantes, se comprometeram com mais de 100 ações-chaves.

Entre as medidas previstas pela campanha estão: desenvolver políticas sustentáveis ​​de mobilidade e transporte; controle de poluição de veículos e desenvolvimento de longo prazo; regular e melhorar a eliminação e gestão de resíduos sólidos; estabelecer padrões ambiciosos em matéria de emissões para famílias e indústrias; e incentivar o desenvolvimento de soluções energéticas sustentáveis.

Para o chefe do meio ambiente da ONU, Erik Solheim, esta é uma oportunidade para mostrar aos outros países de que ações ambientais são o melhor para a sociedade e o meio ambiente.

“Ao abordar as causas profundas da poluição do ar, as cidades e as regiões estão entregando uma melhor qualidade de vida para seus cidadãos e ações concretas sobre mudanças climáticas. Isso mostra que a ação ambiental positiva não é um fardo, mas sim uma oportunidade emocionante. As cidades mais limpas são mais felizes, mais saudáveis e mais produtivas!”, disse.

Segundo a ONU Meio Ambiente, os governos regionais, tanto em nível local, quanto nacional, são fundamentais para a implantação de políticas públicas e garantir a cooperação, coordenação e coerência em ações desenvolvidas em todos os níveis governamentais.

A Breathe Life é uma campanha global liderada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), ONU Meio Ambiente e a Coalizão do Clima e do Ar Limpo (CCAC), que visa mobilizar cidades e indivíduos para proteger a saúde e o planeta dos efeitos da poluição. Para saber mais sobre a campanha, acesse: http://breathelife2030.org/

** com informações da ONU Meio Ambiente