Brasil não assinará nenhum acordo climático na COP 25

(Foto: EBC)

Após retirar a candidatura do Brasil para sediar a próxima Conferência do Clima (COP 25), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que a delegação brasileira não se comprometerá em atingir metas climáticas impossíveis porque precisa se comprometer com o desenvolvimento.

“O Brasil não está fora da COP 25, mas, por uma questão que preocupa a todos que têm conhecimento sobre o país e que hão de concordar comigo, nós não podemos assinar um acordo onde alguns objetivos são impossíveis de serem atingidos”, disse em coletiva de imprensa após se reunir com o presidente chileno Sebastián Piñera.

Bolsonaro ainda afirmou que a comunidade internacional não pode acusar o Brasil de não preservar o meio ambiente, em relação aos países desenvolvidos.

Para o presidente, acordos climáticos podem significar perda de soberania, principalmente, na Amazônia. “A região amazônica não pode continuar correndo o risco de ser internacionalizada. É um patriotismo da nossa parte. É uma preocupação, sim, de mantermos aquela área sob o nosso domínio”, ressaltou.

A 25ª Conferência do Clima da Organização das Nações Unidas acontecerá entre os dias 02 e 13 de dezembro, em Santiago, Chile.

** Com informações da RFI