O verão vai ser fogo…

(Foto: Reprodução/ Google)

Dados divulgados pelo Goddard Space Flight Center da NASA registraram o mês passado mais quente da história.

2015 é provável que o ano mais quente já registrado, com altas temperaturas continuando como tendência para 2016.

De acordo com o Índice de Temperatura Land-oceano da NASA, a temperatura média global no mês passado foi de 1,05 graus Celsius mais quente do que a temperatura global média geral para os anos de 1880-2015.

É a segunda vez que o índice mensal subiu mais de 1 grau Celsius acima da média, desde que os registros começaram em 1880. A previsão Organização Meteorológica Mundial (OMM) no final de novembro que a temperatura média da superfície global será a maior da história registrada e atribuíram o fenômeno ao aquecimento global antropogênico e o padrão contínuo climático El Nino.

O relatório da NASA informa:: “As altas temperaturas recordes no período de cinco anos 2011-15, juntamente com o registro anual definido em 2014 e susceptível de ser quebrado em 2015, são consistentes com as tendências de aquecimento estabelecidas a longo prazo, a causa dominante de que é a emissão de gases de efeito estufa antropogênicos. “

O estudo também disse: “mudanças de temperatura ano-a-ano ocorrem em conjunto com a tendência de aquecimento de longo prazo, em particular como resultado de eventos El Nino e La Nina”.

Prepare-se: o verão vai ser fogo…