Adoção da sustentabilidade integra programação da Campus Party

sustentabilidade
(Foto: Freepik)

A Campus Party, um dos maiores eventos de tecnologia do mundo, tem parte da programação voltada para o debate e palestras sobre a inclusão da sustentabilidade no mundo pós-pandemia – o “novo normal”.

O espaço Green Deal (Acordo Verde, em português) tem discussões sobre o futuro da água, a contribuição da ciência, a importância da reciclagem, cidades criativas, ecomarketing, uso de inovação na Amazônia e robótica sustentável.

“O objetivo é desenvolver soluções tecnológicas que ajudem a atingir as metas traçadas dos 17 Objetivos de Desenvolvimentos Sustentáveis propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU). Queremos que esse formato digital facilite a interconexão de pessoas de vários países e que essa troca de conhecimento seja intensa, ao ponto de trazer novas alternativas para esse mundo pós-pandemia”, afirma o presidente do Instituto Campus Party, Francisco Ferrugia.

Pela primeira vez, a Campus Party é totalmente digital e gratuita por causa da pandemia do Covid-19. Realizada simultaneamente em mais de 30 países ao redor do mundo e com a participação de 1.841 conferencistas, a edição deste ano tem o tema Reboot the World (Reiniciar o mundo).

No Brasil, são três eventos digitais: em Brasília, Goiânia e na Amazônia, que recebem “palcos” temáticos e palestrantes de interesse.

A Campus Party acontece até amanhã (11) pelos sites: https://brasilia-digital.campus-party.org/, https://goias-digital.campus-party.org/, https://amazonia-digital.campus-party.org/