Bolsonaro sanciona a Política Nacional da Erva-Mate

(Foto: Pixabay)

Entrou em vigor a Política Nacional da Erva-Mate, que pretende incentivar a produção sustentável e o desenvolvimento tecnológico agrícola e industrial do produto, e elevar a qualidade da erva no Brasil.

O projeto de autoria do deputado Afonso Hamm também cria uma linha de crédito para a produção, industrialização e comercialização; assistência técnica; extensão rural, principalmente para agricultores familiares, pequenos e médios produtores; pesquisa e desenvolvimento tecnológica; e certificação.

Atualmente, a cadeia produtiva da erva-mate corresponde a 700 mil postos de trabalho, é fonte de renda para cerca de 180 mil famílias e beneficia 700 empresas.

** Com informações da Agência Câmara