230 investidores pedem ações contra queimadas na Amazônia

(Foto: Reprodução/ Prevfogo/ Ibama)

Um grupo de 230 investidores institucionais, que juntos somam mais de US$16 trilhões em ativos, pediram às empresas que implementem políticas contra o desmatamento para suas cadeias de fornecimento. 

Em comunicado, o presidente da Storebrand Asset Management e um dos investidores, Jan Erik Saugestad, alerta que “o desmatamento e a perda de biodiversidade não são apenas problemas ambientais”, mas também representam um risco para todos por estarem associados a efeitos econômicos negativos.

Os investidores, que inclui a Amundi, maior gestora de recursos da Europa, também pediram às empresas que apresentem uma política contra o desmatamento e estabeleçam um sistema de monitoramento para os fornecedores. 

** Com informações da Agência O Globo