Adaptação às mudanças climáticas custará mais de R$7 trilhões

(Foto: Pixabay)

Os países precisarão investir cerca de R$7,4 trilhões na próxima década para se adaptar às mudanças climáticas, constatou um estudo realizado pela Comissão Global de Adaptação.

A pesquisa revelou que, apesar do alto gasto, a adaptação pode produzir um lucro de R$29 trilhões, quase quatro vezes maior do que o custo.

O valor é referente às perdas futuras, gerando ganhos econômicos positivos através da inovação e oferecendo benefícios sociais e ambientais.

Atualmente, os mais afetados pela mudança do clima são os países que “menos causaram o problema”.

Liderada pelo ex-secretário geral da ONU Ban Ki-moon, a comissão pede que os países ricos tomem medidas de adaptação urgentes que beneficiarão o mundo.

O estudo aponta cinco soluções que o mundo deve investir na próxima década:

– Sistemas de alerta sobre tempestades, marés muito altas e outras condições climáticas extremas para ilhas vulneráveis e as comunidades costeiras

– Construção de melhores estradas, prédios e pontes 

– Aperfeiçoar a agricultura da terra seca e usar variedades mais resistentes pode proteger os meios de subsistência e prevenir a fome

– Restaurar e preservar os manguezais, que protegem cerca de 18 milhões de pessoas das inundações costeiras. Projetos de restauração podem proteger de tempestades e aumentar a produtividade da pesca

– Proteger o suprimento de água e garantir que a bebida não seja desperdiçada

** Com informações da BBC News