MPMG afirma que lama continua vazando da Samarco

(Foto: Reprodução)

O Ministério Público de Minas Gerais entregará amanhã (26) na Justiça, documento que prova que lama da Samarco não parou de poluir os afluentes do Rio Doce.

O estudo técnico confirma que há lama na região do Gualaxo, depois de pesquisas in loco no mês de abril. O MPMG recomenda que se aplique a multa de R$ 1 milhã/dia se a Samarco não tomar providências.

Mais informações no portal da Folha de S.Paulo