O poder da natureza e os relatos das vítimas

Foto- Corpo de Bombeiros MG

Eram 158 casas. A lama baixou, só 22 residências estavam de pé. As pessoas perderam tudo, alguns ainda procuram parentes, que podem estar isolados.

O medo era companheiro das pessoas, afinal viviam num vale entre três barragens de rejeitos de mineradora. A maioria nem sabe o que é rejeito, mas comentavam sobre contaminação, doenças, poeira e barro…

Agora que a maioria das pessoas está acomodada em hotéis da região, os resgatados foram descontaminados, agora é pensar em como reconstruir a vida. O distrito não existe mais…

O poder da natureza se conhece nas adversidades. Os rios estão poluídos pela lama, os peixes morreram, fauna e flora alterados num corredor das montanhas mineiras até o mar dos capixabas. “O que aconteceu foi uma degradação total pelo rompimento da estrutura vegetativa. Daqui um tempo, o solo vai aproveitar este material que veio com a lama: ferro, sílica, fósforo, manganês, alimentos naturais das plantas. As experiências que temos mostram que, depois de 10, 15 anos, a recuperação da vegetação é quase plena”, explicou o gerente de meio ambiente da Fiemg, Wagner Soares Costa, entrevistado pelo jornal O Estado de Minas. “O que pode acontecer é que algumas espécies tenham sensibilidade maior, sendo extintas naquela região.”

O jornal O Globo entrevistou o professor titular de geotecnia da Coppe/UFRJ Márcio Almeida observa que os resíduos são de fato malcheirosos e oferecem risco para o meio ambiente. Na barragem há água e quartzo em forma de areia. Mas esse material é depositado por anos e ao escapar para o ambiente se mistura a outros contaminantes. Essa lama é estéril. Não há o que possa crescer nela. A natureza, se deixada por si só, levará muitos e muitos anos para se recuperar. Por isso, tem que ser removida.

Galerias de fotos dos jornais e portais mostram os dramas pessoais e a destruição.

http://g1.globo.com/minas-gerais/fotos/2015/11/barragem-se-rompe-e-distrito-de-mariana-e-inundado.html

http://oglobo.globo.com/brasil/tragedia-em-minas-gerais-17979800

http://www.otempo.com.br/galeria-de-fotos/rompimento-barragem-samarco-1.1159483

Vídeo do jornal O Estado de Minas mostra relatos das vítimas, imagens da destruição que a lama de rejeitos das barragens em Bento Rodrigues.