Bolsonaro pretende reduzir o tamanho de áreas de proteção

(Foto: Reprodução Facebook Jair Bolsonaro)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que conversa com governadores de vários estados para rever a situação de áreas de proteção ambiental.

Ele mencionou, como exemplo, a transformação da Estação Ecológica de Tamoios, em Angra dos Reis (RJ), na “Cancún” brasileira e ressaltou que para fazer isso precisa revogar a área de proteção por lei.

A Constituição determina que qualquer mudança nos limites de uma unidade de conservação precisa ser aprovada pelo Congresso Nacional e não pode ser feita por um decreto.

“Estamos conversando com vários outros governadores no sentido de nós nos unirmos e desmarcar muita coisa por decreto no passado para poder fazer com que o estado possa prosseguir”, disse

Criada para o monitoramento dos impactos, a Estação Ecológica de Tamoios é formada por 29 ilhas, lajes e rochedos e abriga espécies ameaçadas de extinção. A área também é a mesma em que o presidente foi multado em 2012 por pesca ilegal.

** Com informações do G1