Bolsonaro questiona dados de desmatamento na Amazônia

(Foto: Alex Ferreira/ Câmara dos Deputados)

O presidente Jair Bolsonaro disse que suspeita que o diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) está a “serviço de alguma ONG” por causa dos dados sobre o desmatamento na Amazônia.

Dados preliminares do Inpe mostram que mais de mil quilômetros quadrados foram derrubados na primeira quinzena deste mês, um aumento de 68% em relação a julho de 2018.

“Com toda a devastação que vocês nos acusam de estar fazendo e de ter feito no passado, a Amazônia já teria se extinguido. Isso acontece com muitas revelações, como a de agora (…), e inclusive já mandei ver quem está à frente do Inpe [Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais] para que venha explicar em Brasília esses dados que foram enviados à imprensa”, disse.

Procurado pela AFP, o diretor do INPE, Ricardo Magnus Osório Galvão, negou as acusações. Funcionários do órgão defenderam a qualidade dos dados e afirmaram que outras instituições também fazem o mapeamento.

Na semana passada, entidades defenderam a atuação do INPE em carta enviada a Bolsonaro.

** Com informações da AFP