ONU alerta: fenômenos meteorológicos extremos vão aumentar

(Foto: Patrick Hendry/ Unsplash)

A partir de 2020, a ocorrência de eventos climáticos extremos aumentará com os níveis recordes de gases de efeito estufa. O alerta foi feito pela Organização Meteorológica Mundial (OMM), órgão vinculado às Nações Unidas (ONU).

“O ano 2020 começou com acontecimentos meteorológicos e climáticos de forte impacto, como na Austrália. 2019 foi o ano mais quente e mais seco já registrado”, disse Petteri Taalas, secretário-geral da OMM, advertindo que as altas temperaturas e o tempo seco foram essenciais para os grandes incêndios, que queimaram uma área de 100 mil quilômetros quadrados, destruíram mais de 2 mil casas e provocaram a morte de 28 pessoas e mais de 500 milhões de animais.

A temperatura mundial anual superou em 1,1ºC a média registrada na época pré-industrial, em 2019. O índice pode aumentar de 3 a 5 graus até o final do século.

O crescimento da temperatura em meio grau aumenta a intensidade e/ou a frequência de cânulas, tempestades, secas ou inundações. Além do derretimento de geleiras, níveis marítimos, acidificação e aumento do calor dos oceanos.