Projeto visa restaurar as pastagens atingidas pelo desmatamento

(Foto: Pixabay)

Você sabe o que é morte súbita em pastagens?

Nas áreas desmatadas da região Amazônica, morte súbita nada mais é do que o retorno da natureza ao uso indevido do solo. De uma hora para outra, o capim que engorda o gado, seca e desaparece. Em 2009, a morte súbita chamou a atenção de fazendeiros e de indústrias após a criação do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) pelo Ibama, Ministério Público Federal e a indústria da carne.

Para entender: a braquiária, principal tipo de capim da região, é encharcada pelos grandes índices de chuva, o que torna a vegetação suscetível a fungos e cupins. Com o manejo inadequado e uso constante da área, a consequência é o esgotamento de nutrientes e a redução da produção bovina.

 

O Projeto Pecuário Integrado de Baixo Carbono, na cidade de Alta Floresta – Mato Grosso, o visa recuperar os pastos atingidos pela morte súbita do capim e reverter o desmatamento, sem prejudicar a produção e gerar renda. Desenvolvido pelo Instituto Centro de Vida (ICV) em parceria com alguns setores do agronegócio, o projeto oferece suporte aos fazendeiros da região na implantação de novas tecnologias e incentiva boas práticas agropecuárias para acabar com a morte súbita das vegetações.. Os primeiros resultados se mostraram favoráveis a recuperação do solo.

Apesar de produzir muita comida para o gado, o desmatamento desenfreado e o uso indevido da terra causaram o esgotamento de nutrientes da vegetação e consequentemente, a morte súbita da planta.