Projeto brasileiro para salvar pirarucu ganha prêmio internacional

(Foto: Reprodução Rolex Awards)

O empreendedor brasileiro João Campos-Silva é um dos vencedores do Rolex Awards for Enterprise 2019, com o projeto de salvar o pirarucu, o maior peixe de água doce do mundo, da extinção.

O pirarucu, que pode chegar a até três metros e pesar 200 quilos, é um dos principais meios de subsistência e fornecimento de alimento das comunidades indígenas que dependem dos rios amazônicos para sobreviver.

Entretanto, a sobrepesca, a fragmentação de habitats e a poluição da água colocaram em risco a espécie e afeta a economia local.

Segundo o empreendedor, com a proteção dos lagos houve uma recuperação de 30 vezes nos números do pirarucu local e trouxe de volta peixes-boi, lontras gigantes, tartarugas gigantes e jacarés-de-pau-de-volta. A recuperação já  está gerando milhares de dólares em novas rendas para comunidades florestais em dificuldades.

A expectativa de Campos-Silva é levar o projeto para 60 comunidades e aumentar o número de peixes na região em apenas três anos. A renda gerada pela iniciativa será revertida em escolas, clínicas de saúde e a criação de empregos.

Além do projeto do brasileiro, também foram premiados iniciativas da França, Índia, Canadá e de Ugana. Os vencedores receberão financiamento e apoio para o desenvolvimento de seus projetos. Clique aqui para conhecer os outros projetos

** Com informações do Rolex Awards