Descarte corretamente TV de tubo

(Foto: REUTERS/ Enrique Marcarian)

Em muitas cidades do país, o sinal analógico já foi desligado. A meta do governo é encerrar as transmissões em todo o país até o fim de deste ano.

Apesar de ser possível continuar com as TVs antigas com o conversor, muitas pessoas estão optando em trocar a sua televisão antiga por versões mais modernas, que já recebem o sinal digital.

Mas o que fazer com os televisores antigos? Por ter metais pesados em sua composição, como o chumbo e o bário, as TVs de tubo podem causar danos ambientais e riscos à saúde humana ao serem descartadas incorretamente. Por isso é necessário ter cuidado.

Apesar de não ser possível reciclar totalmente estes aparelhos, certos componentes plásticos e peças metálicas podem ser reaproveitados. Em alguns processos de reciclagem, o equipamento passa por uma triagem que definirá se o aparelho está em condições de uso e, caso esteja funcionando, é levado para projetos de inclusão digital de comunidades e escolas.

Segundo a legislação brasileira, os fabricantes de produtos eletrônicos são obrigados a implementar meios de logística reversa, sendo assim, pode-se contatar o fabricante para saber se ele recebe o televisor de volta.

Caso não seja possível contatar o fabricante, você pode consultar quais são os Postos de Recolhimento mais próximos à sua residência.

A AgSolve também disponibiliza em seu site uma relação de locais que coletam resíduos sólidos.