Empresários e a Coalizão do clima

O evento promovido pelo Ethos e Fórum do Clima, que acontece agora em São Paulo, reúne centenas de empresários e ativistas ambientais. Um expressivo grupo de empresários brasileiros planeja avançar sobre questões ambientais e ter mais participação nas políticas de combate ao aquecimento global.

Pelo menos quatro empresas nacionais – Braskem, CPFL Energia, Duratex e Visão Sustentável – já aderiram à coalizão internacional We Mean Business, que reúne 146 empresas mundiais e 106 investidores que estimulam ação sustentável e querem abrir espaço para influenciar  no processo de negociação das políticas ambientais.

O grupo brasileiro da Coalização do Clima está mobilizado para ter mais participação nas propostas para a COIP-21 – em dezembro – que vai definir os rumos das políticas ambientais mundiais.

A presidente do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), Marina Grossi, disse: “Que essa virada vai acontecer ninguém tem dúvida, a questão é quando. Se você tem um engajamento empresarial, você pode fazer essa mudança muito mais amigável com a realidade do negócio.”