Investimento em energias renováveis bateu recorde em 2015

(Foto: Reprodução)

A empresa Clean Energy Canada divulgou o estudo “A Year for the Record Books”, que identifica as tendências no mercado de energias limpas no mundo. Os resultados surpreendem e indicam um futuro promissor para as energias renováveis e para a sustentabilidade.

De acordo com o levantamento, foram investidos US$ 367 bilhões em energias renováveis em 2015, atingindo um recorde histórico e superior aos US$ 253 bilhões investidos em combustíveis fósseis, no mesmo período.

Segundo a diretora executiva da Clean Energy Canada, Merran Smith, mesmo diante da forte concorrência com os preços dos combustíveis fósseis. “As energias renováveis estão decolando porque oferecem um valor imbatível – elas são locais, por isso, oferecem segurança energética. As energias limpas também são uma solução climática e reduzem os problemas de saúde causados pela poluição atmosférica. São cada vez mais competitivas e há muitos investimentos a serem feitos ainda”, destaca.

Ao contrário do que se esperava, o investimento em energias limpas cresceu mais nos países em desenvolvimento (US$ 167 bilhões) do que nos países desenvolvidos (US$ 162 bilhões). Os cinco principais investidores são: a China, com US$ 110,5 bilhões, valor que supera a quantia investida pelos Estados Unidos (US$ 56 bilhões) e pelo Japão (US$ 46 bilhões), segundo e terceiro lugar, respectivamente, seguidos pelo Reino Unido (US$ 23,4 bilhões) e a Índia (US$ 10,9 bilhões).

Segundo Smith, “o custo da produção de energias limpas continua a cair, e seu combustível – sol, vento, água – é gratuito. Não é de admirar que as energias limpas estejam ganhando força em todo o mundo. Trata-se de um contraste gritante com os mercados de combustíveis fósseis, que agora vivem às voltas com altos e baixos”, destacou.

O investimento em energias limpas é um indicativo que o acordo feito durante a COP21, em Paris, pode se realizar.

** Com informações da assessoria de imprensa