Paraná terá a primeira cooperativa de geração a partir de biomassa lenhosa

(Foto: Pixabay)

A Ecoperativa é a primeira em geração remota de energia elétrica, em fase de construção na cidade de Fazenda Rio Grande, mas só deve entrar em operação em 2019. Os resíduos de biomassa lenhosa são recolhidos através da poda de árvores das ruas, parques e praças da região metropolitana da capital paranaense.

“É uma proposta que contribui para um mundo mais sustentável ao mesmo tempo que garante a energia elétrica para os cooperados, um produto cada vez mais necessário no mundo de hoje”, comentou o presidente da PR1, Paulo Rabelo.

As duas unidades possuem 13 mil cotas que estão em fase de comercialização. O vice-presidente da Ecoperativa, Ismênio Castro Braga Junior, calculou que “o cooperado que gerar a própria energia por meio de biomassa terá uma economia de 20% no gasto com o consumo de energia no caso de empresas e de até 30% no caso de residências”, afirmou. Outro fator pertinente é que o consumidor fica imune à incidência de bandeiras tarifárias que alteram os valores da conta de luz.

COMPARTILHAR
Walter Santos é jornalista, diretor de tv e especialista em energia.