Shell procura projetos de energia limpa no Brasil

(Foto: Pixabay)

O presidente da Shell, André Araújo, disse que a petroleira busca projetos “competitivos” de energia renovável no Brasil.

A medida integra a estratégia global da companhia de diversificar a sua atuação para fontes de baixo carbono e reduzir as suas emissões.

A companhia anglo-holandesa tem investido quase 3 bilhões de dólares por ano em “novas energias” ao redor do mundo, ante uma meta inicial de 2 bilhões de dólares.

A Shell também criou uma área de “novas energias” para avaliar esses negócios, com foco a princípio em energia solar. A unidade é liderada pela ex-gerente da desenvolvedora de projetos e fabricante de equipamentos solares First Solar no Brasil, Maria Gabriela da Rocha, que já realizou seus primeiros investimentos em renováveis no Brasil, em projetos solares e eólicos.

** Com informações da Reuters