Estados da Amazônia Legal fecham agenda internacional com Europa

floresta pegando fogo, queimadas
(Foto: Pixabay)

Governadores dos nove estados da Amazônia Legal se reuniram com representantes da Noruega, Alemanha, França e do Reino Unido, para discutir acordos diretos relacionados ao Fundo Amazônia.

No encontro, os representantes determinaram que, em 30 dias, será detalhada uma agenda de apoio financeiro a programas de combate ao desmatamento na região.

Segundo o governador do Pará, Hélder Barbalho, nos próximos dias, deve ser anunciada a retomada dos repasses do Fundo Amazônia. A negociação entre os países europeus e o Ministério do Meio Ambiente está sendo finalizada.

Criado em 2007, o Fundo Amazônia financia projetos de estados, municípios e da iniciativa privada para o desenvolvimento sustentável da Amazônia.

A Noruega e a Alemanha, principais doadoras, suspenderam os repasses em agosto pelas queimadas na floresta e por discordâncias com a política ambiental do governo Bolsonaro.

Durante a reunião, a Noruega também ofereceu acesso gratuito a um sistema de mapas e monitoramento do planeta, que os estados poderão usar na região.

Os governos da Amazônia também discutiram formas de oferecer áreas para cuidados dos países europeus, em troca de créditos de carbono que possam ser comprados por empresas internacionais.

** Com informações do Estadão e do G1