Estudo mapeará degradação do Cerrado por geotecnologias

(Foto: Pixabay)

A Embrapa Territorial anunciou o projeto “Mapeamento de níveis de degradação de pastagens do bioma Cerrado por meio de geotecnologias”, que irá mapear e analisar pastagens no Cerrado de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Tocantins.

O mapeamento utilizará imagens de satélites com resolução de 10 a 30 metros da superfície, com o trabalho de campo para ajustes e validação dos modelos.

Os dados serão gerados a partir da diferenciação dos níveis de degradação por meio de sensoriamento remoto.

** Com informações do Globo Rural