Falta de acesso à água atinge mais de 2 bilhões de pessoas, diz ONU

(Foto: Pixabay)

Mais de 2 bilhões de pessoas não têm acesso à água potável e mais de 4 bilhões não tem acesso à esgoto sanitário, informa novo relatório da Organização das Nações Unidas (ONU).

O estudo revela que se a degradação do meio ambiente e a pressão sobre os recursos hídricos continuarem no ritmo atual, 45% do Produto Interno Bruto global e 40% da produção global de grãos estarão em risco até 2050.

Atualmente, a agricultura é responsável pelo gasto de 69% da água mundial por ano, sendo a maior consumidora do recurso hídrico. Seguida pela indústria, incluindo a geração de energia, com 19% e as residências com 12%.

Cerca de 31 países estão com estresse hídrico entre 25% e 70% e outros 22 países, estão com o nível acima de 70%.

Ainda de acordo com o relatório, entre 2010 e 2018, houve um aumento de nos conflitos envolvendo a água. Em 123, a água foi a causa do conflito; em 29, foi usada como arma; e em 133, o acesso à água foi afetado acidentalmente ou de propósito.

** Com informações do G1 e da ONU