Grupo propõe mais transversalidade em temas ambientais no próximo governo

(Foto: Unsplash)

Uma equipe, coordenada pelo chefe geral da Embrapa Territorial, Evaristo de Miranda, propôs aos membros do próximo governo que as questões ambientais sejam tratados com “transversalidade” pelos ministérios.

“Estudamos meios e opções de redirecionar recursos financeiros e humanos do ministério e colocamos um plano de trabalho à disposição do futuro governo. Propusemos mais transversalidade dos assuntos ambientais nos demais ministérios com os quais há interface”, disse Miranda em nota.

Para ele, o futuro ministro do meio ambiente precisa lidar com as tarefas urgentes ambientais, como “eliminar desvios e duplicidades de função, reencaminhar os recursos das atividades e focar em políticas para promover efetivamente a conservação da nossa biodiversidade, a proteção de nossos recursos naturais e a sustentabilidade para todos, sem atentar contra o desenvolvimento e a soberania nacional”.

** Com informações da Revista Globo Rural