Jeff Bezos anuncia fundo para combater mudanças climáticas

(Foto: Divulgação Amazon)

O presidente-executivo da Amazon, Jeff Bezos, anunciou a criação do Bezos Earth Fund, um fundo de US$10 bilhões para desenvolver soluções que combatam o avanço das mudanças climáticas.

A iniciativa financiará projetos de cientistas, ativistas, organizações não governamentais (ONGs) e “qualquer esforço que ofereça uma possibilidade real de ajudar a preservar e proteger o mundo natural”.

O objetivo é tornar ações positivas de grandes e pequenas empresas, países, organizações globais e indivíduos em coletivas.

Atualmente, Jeff Bezos é o homem mais rico do mundo, com uma fortuna estimada em US$131 bilhões, segundo a revista Forbes. No ano passado, o CEO doou quase US$100 milhões para fundações que prestam apoio às pessoas em situação de rua.

Leia o comunicado do empresário na íntegra abaixo:

Hoje, tenho a satisfação de anunciar que estou lançando o Bezos Earth Fund.⁣⁣⁣ 

⁣A mudança climática é a maior ameaça ao nosso planeta. Quero trabalhar ao lado de outras pessoas para ampliar maneiras conhecidas e explorar novas maneiras de combater o impacto devastador das mudanças climáticas neste planeta que todos compartilhamos. Essa iniciativa global financiará cientistas, ativistas, ONGs – qualquer esforço que ofereça uma possibilidade real de ajudar a preservar e proteger o mundo natural. Nós podemos salvar a Terra. Vai tomar medidas coletivas de grandes empresas, pequenas empresas, estados-nação, organizações globais e indivíduos. ⁣⁣⁣

⁣⁣Estou comprometendo US$ 10 bilhões para começar e começará a emitir doações neste verão. A Terra é a única coisa que todos temos em comum – vamos protegê-la, juntos.⁣⁣⁣

Ativismo

Várias celebridades e empresários têm financiado e criado iniciativas para combater às mudanças climáticas, como os atores Leonardo DiCaprio e Jane Fonda.

Desde 1998, DiCaprio já doou cerca de US$80 milhões para mais de 20 projetos ambientais. Em julho, por exemplo, o ator se uniu a viúva de Steve Jobs e Brian Sheth, presidente do fundo de private equity, e lançaram o Earth Alliance, uma organização ambiental sem fins lucrativos para proteger o meio ambiente, a perda da biodiversidade e combater a mudança climática.

A organização doou US$3 milhões para ajudar nos esforços para pagar os incêndios da Austrália e US$5 milhões para combater as queimadas na Amazônia.

A atriz Jane Fonda já foi presa quatro vezes desde outubro do ano passado por promover protestos, em parceria com o Greenpeace, por políticas públicas mais duras contra as mudanças climáticas. 

O Fire Drill Friday (simulação de incêndio de sexta, em tradução livre), como foi chamado o movimento, começou no dia 11 de outubro em frente ao Congresso americano para exigir medidas do governo em defesa do meio ambiente.

Entre os famosos que participam dos protestos estão: o vencedor do Oscar Joaquin Phoenix, as atrizes Rooney Mara, Rosanna Arquette e Marisa Tomei, os atores Norman Lear, Rainn Wilson e Ed Begley Jr.