Maio foi o mês mais quente registrado no mundo

(Foto: Pixabay)

O mês de maio de 2020 foi o mais quente desde o início dos registros em 1981, informou o serviço europeu de monitoramento da mudança climática, Copernicus (C3S).

De acordo com o serviço, foi registrado um aumento de 0,63ºC que a média dos meses de maio no período entre 1981 e 2010. Temperaturas anormais também foram observadas na Sibéria, com quase 10ºC acima do normal.

A primavera boreal também foi amena em grande parte da região do Ártico, com destaque para o oeste do Alasca, e da Antártica.

Com base nos dados compilados nos últimos 12 meses, os cientistas acreditam que 2020 deve estar entre os cinco anos mais quentes registrados. Até o momento, 2016 teve as temperaturas mais altas, seguido por 2019 e 2015.

Os especialistas ainda afirmam que deve ter um novo recorde de temperatura até 2024.