Mourão admite que falta comando e controle das políticas para Amazônia

(Foto: Marcos Correa/ Presidência)

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou que o meio ambiente é o tema central do século 21, mas faltam “comando e controle” e “coordenação” das políticas voltadas para a região Amazônica no governo.

Em entrevista à GloboNews, Mourão explicou que por ser um assunto com políticas públicas desenvolvidas por diferentes ministérios, é necessário “ter um organismo que controle isso e coordene as atividades”.

O governo federal é criticado pelo modo como lida com as questões ambientais, principalmente, no exterior. Para o vice-presidente, as críticas sobre o país são motivadas pela percepção de que o presidente Jair Bolsonaro não está comprometido com a preservação ambiental e ressaltou que “o presidente não deu ordem para tacar fogo na floresta nem fazer genocídio dos povos da floresta”.

Mourão ainda comentou que a nova realidade mundial é a inclusão de “selo verde” e a exigência de boas práticas ambientais de países e empresas por grandes investidores. “Por isso, o Brasil precisa se “adaptar e dar respostas corretas ao que está ocorrendo no mundo”.