Multas ambientais vão recuperar bacia do São Francisco

(Foto: Pixabay)

A Bacia do Rio São Francisco, que concentra áreas de degradação entre Minas Gerais e a Bahia, será a primeira a receber os recursos arrecadados pelo programa de conversão de multas do Ibama.

Nos próximos dias, o órgão ambiental deve detalhar a seleção de projetos que poderão ser financiados.

As empresas que aderirem à conversão de multas terão um desconto de 60% no valor total da punição. Uma das cotadas para aderir ao programa é a Petrobrás, que concentra grande passivo de multas aplicadas. A expectativa é que a petroleira destine R$300 milhões.

Anualmente, o Ibama aplica 8 mil multas, somando cerca de R$4 bilhões em multas. Entretanto, o pagamento, em média, nunca ultrapassa 4% desse valor.

** com informações do Estadão