Começou o período da piracema

Neste domingo (1º) começa o período de Piracema – época de reprodução dos peixes e de restrição à pesca profissional e amadora de espécies nativas. O objetivo é preservar os estoques pesqueiros.

A Polícia Militar Ambiental informou que vai intensificar a fiscalização na região de Piracicaba (SP), com operações em barcos e outras ações.

No Rio Paraná, onde fica a usina de Itaipu, será proibida a pesca de peixes como pintado, dourado, piapara e surubi, entre outros. A proibição vai até 29 de fevereiro do ano que vem, quando termina a Piracema 2015-2016.

A medida afeta a rotina de cerca de 800 pescadores profissionais atuantes na região do reservatório de Itaipu. Para compensar a restrição, nesses quatro meses eles receberão mensalmente do governo federal o Seguro-Defeso, equivalente a um salário mínimo.

Nos rios de domínio estadual, a Piracema é regulada pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

A Piracema (que em tupi significa “subida do peixe”) é um fenômeno que ocorre com diversas espécies de peixes, em todo o mundo. O processo recebe esse nome porque, todos os anos, peixes nadam rio acima, contra a correnteza, para fazer a desova. O processo reprodutivo é desencadeado por uma série de gatilhos ambientais relacionados à fisiologia e estratégias reprodutivas das espécies.

foto: divulgacão