Oceanos absorveram uma explosão de 3,6 bilhões de bombas atômicas

(Foto: Pixabay)

A temperatura média dos oceanos esteve 0,075ºC acima da média registrada de 1981 a 2010, um aumento de 450% nos últimos 60 anos, o maior registro da história em 2019.

A conclusão foi publicada em um estudo na revista científica Advances in Atmospheric Sciences.

Em 2019, os oceanos acumularam uma energia média de 228 zetta joules, que significa energia acumulada ou absorvida, acima do registrado de 1981 a 2010. O índice é 25 zetta joules acima do registrado em 2018.

De acordo com a pesquisa, a temperatura está subindo a uma velocidade cada vez maior e, mesmo que as emissões de gases de efeito estufa parem, os oceanos continuarão a ter temperaturas elevadas porque demoram a se estabilizar.

“É como se os oceanos tivessem absorvido o liberado pela explosão de 3,6 bilhões de bombas atômicas como a de Hiroshima”, disse Cheng, professor associado do Centro Internacional de Ciências Climáticas e Ambientais do Instituto de Física Atmosférica (IAP).

A temperatura média do oceano até 2 mil metros de profundidade é de, aproximadamente, 5,85ºC.

** Com informações do G1