ONG britânica lança projeto Algodão 2040

A presidente da ONG Forum for the Future, Sally Uren, apresentou no evento Ethos 360 º- 2015 (terça – 22) o projeto Algodão 2040 lançado em fevereiro com o objetivo de traçar uma estratégia de cultivo do algodão com menos água e redução significativa do uso de defensivo agrícola.

Sally Uren diz que entre os vários produtos de commodities, o algodão foi escolhido porque está inserido em todos os países, é usada por toda sociedade, é a cultura que mais prejudica o meio ambiente e que impõe a pior condição para seus trabalhadores. Somente 4% de toda produção de algodão do mundo é sustentável.

A ONG britânica fez parceria com o Instituto C&A para sensibilizar a indústria de confecção a exigir melhores práticas dos fornecedores, o governo a fiscalizar as condições de trabalho e os consumidores a escolher o produto com maior valor agregado social. Para Sally Uren, o consumidor deve também mudar seu comportamento em relação ao descarte de roupas – compra-se por preço baixo, usa duas ou três vezes e joga fora. “Ora, o consumidor precisa se conscientizar e adotar o Slow Fashion – parar de comprar sem necessidade. O mundo sustentável também inclui atitude de respeito à produção, à natureza e sem desperdício”.

Peter Lacy e Sally Uren -Ações colaborativas com potencial de transformar setores- o caso do algodão
Peter Lacy e Sally Uren -Ações colaborativas com potencial de transformar setores- o caso do algodão

A ONG Forum for the Future implantou um programa de inovações para a cadeia do algodão com seis etapas e oito propostas de futuro. “O resultado pode ser muito bom se na COP-21, os líderes mundiais chegarem a uma governança conectada. Temos que ter todos empenhados em melhorar as práticas agrícolas – com menos agrotóxico, menos recursos hídricos, mais tecnologia para ter um preço justo”, disse Sally Uren, do projeto Cotton 2040.

A palestra contou ainda com os comentários do diretor global para Serviços de Sustentabilidade da Accenture Strategy, Peter Lacy, que ressaltou a importância de mobilizar a cadeia têxtil para exigir de seus fornecedores que mantenham boas práticas e produtos sustentáveis.

seis etapas para cultura do algodão sustentável
seis etapas para cultura do algodão sustentável