Países do BRICS se comprometem com Acordo de Paris

(Foto: Mikhail Klimentyev/ AP)

Os presidentes do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul (Brics) se comprometeram a implementar medidas para atingir as metas previstas no Acordo de Paris, durante o encontro do G20, que acontece no Japão.

Em nota conjunta, os líderes reconheceram a “importância de fontes variadas de energia e avanços tecnológicos para alcançar um futuro de baixa emissão [de gases estufa], como energia solar, bioenergia sustentável e gás natural no transporte”.

Os países também se comprometeram a promover um comércio internacional transparente, combater à corrupção e condenam ataques terroristas.

O documento confirma o posicionamento que o presidente Jair Bolsonaro deu ao presidente francês, Emmanuel Macron, de que o Brasil permaneceria no Acordo de Paris. 

Ontem (27), Macron disse que não assinaria nenhum acordo comercial com o Brasil se o país saísse do acordo climático. Isso também coloca em risco eventuais acordos comerciais da União Europeia com o Mercosul.

“Se o Brasil deixar o Acordo de Paris, até onde nos diz respeito, não poderemos assinar o acordo comercial com eles. Por uma simples razão. Estamos pedindo que nossos produtores parem de usar pesticidas, estamos pedindo que nossas companhias produzam menos carbono, e isso tem um custo de competitividade. Então não vamos dizer de um dia para o outro que deixaremos entrar bens de países que não respeitam nada disso”, disse Macron a jornalistas no Japão, antes da reunião do G20.

** Com informações do G1