Perda da cobertura florestal no mundo em 2014 foi duas vezes o tamanho de Portugal

A agência de notícias Reuters informa que a cobertura de florestas diminuiu no mundo, em 2014, o equivalente a duas vezes ao território de Portugal.

O mundo perdeu um total de 18,8 milhões de hectares de cobertura por árvores em 2014, abaixo dos 20,64 milhões de hectares em 2013 e dos 23,53 milhões de hectares em 2012, de acordo com dados de satélite obtidos pela Universidade de Maryland, nos EUA, e o Google, e publicados pelo Instituto de Recursos Mundiais (WRI – sigla em inglês).

A Amazônia, maior floresta tropical do mundo, enfrenta incursões da exploração madeireira ilegal e invasão de terras públicas próximas a grandes projetos de infraestrutura, como estradas e hidrelétricas. Recentemente, o governo defendeu uma taxa zero de desmatamento até 2030.

A perda de cobertura florestal no Brasil, um grande produtor de soja e criador de gado, subiu de 1,9 milhão de hectares em 2013 para 2,3 milhões de hectares em 2014, segundo o WRI, embora o ritmo do desmatamento tenha desacelerado nos anos anteriores.

A Indonésia, que abriga a terceira maior floresta tropical do mundo e é o maior produtor mundial de óleo de palma, impôs uma moratória sobre o desmatamento em 2011, em parte para reduzir as perdas de habitat dos orangotangos, tigres de Sumatra e outros animais selvagens.

Brasil e Indonésia terão papel-chave na conferência da Organização das Nações Unidas sobre o clima, em Paris, no final deste ano, que pretende chegar a um acordo para redução do aquecimento global.