Quarentena faz poluição diminuir  no planeta

imagem cedida pela NASA

 

O mundo está em quarentena para combater a circulação do novo coronavírus e diminuir o número de mortos pela Covis-19. 

Com o isolamento, a menor atividade industrial é a diminuição significativa do número de voos houve quedas significativas nos níveis de poluição. Em Nova York, por exemplo, pesquisadores indicam que o monóxido de carbono reduziu quase 50% menor em comparação com o ano passado.

Em relação à poluição das águas, o resultado é o mesmo. Veneza tem uma enorme melhoria na qualidade da água nos canais da cidade. A água ficou tão clara que até peixes já podem ser  vistos.

Aqui no Brasil, o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) informou que houve redução de concentrações de CO (monóxido de carbono) e NO2 (dióxido de nitrogênio) em várias estações por todo o Estado de S.Paulo, especialmente na região metropolitana, assim como no Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Curitiba.

Vamos olhar pro céu, curtir o sol de outono e  ver as estrelas.