Trump confunde clima com aquecimento global e toma aula dos cientistas

(Foto: Reprodução/ Youtube)

Com a frente fria que fez a temperatura cair para até -40ºC nos Estados Unidos, o presidente Donald Trump questionou com tom irônico  o aquecimento global em sua rede social.

“No lindo Midwest, a temperatura está chegando a menos 60 graus [em Fahrenheit]. Nos próximos dias, é esperado que fique mais frio. Pessoas não aguentam ficar do lado de fora por mais do que alguns minutos. O que está acontecendo com o aquecimento global? Por favor, venha logo, nós precisamos de você!”, tweetou Trump, em tradução livre.

Segundo especialistas, a dúvida do presidente surge em geral por causa da confusão entre os conceitos de clima e tempo, que têm significados diferentes na meteorologia.

Enquanto tempo se refere às condições atmosféricas em um período de tempo curto, o clima é um panorama mais prolongado e que se refere às condições que prevalecem em uma região ou em todo o planeta.

A Agência Espacial Americana (NASA) projeta que será cada vez mais comum tempos frios, mesmo que a temperatura do planeta esteja aumentando.

A frente fria nos EUA, por exemplo, já tinha sido prevista por cientistas, que apontaram para o aquecimento do Ártico como causa.

“Quando o Ártico está quente, tanto temperaturas frias como fortes nevascas são mais frequentes comparadas com quando o Ártico está frio. Durante o período de aquecimento acelerado, quando o calor do Ártico chega à troposfera superior e parte inferior da estratosfera entre o meio e o final do inverno, o tempo severo de inverno tem se intensificado”, disse um estudo publicado na Natures Communications no ano passado.

** Leia a matéria completa na BBC