Vale é intimada a pagar R$7,4 bilhões por Brumadinho

(Foto: Facebook Vale Reprodução)

A Vale foi intimada a fazer um depósito judicial de R$7.413.790.458,03 em cumprimento das duas ordens de bloqueio de recursos no valor de R$10 bilhões, determinadas pelo Ministério Público de Minas Gerais, após o rompimento da barragem em Brumadinho (MG).

Em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa destaca que não houve, portanto, aumento dos montantes totais de ordens liminares de bloqueio ou de indisponibilidade de recursos.

Bolsa

A operação da bolsa de valores de São Paulo, B3, anunciou que a Vale será excluída do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) no próximo dia 12.

A mineradora foi excluída do índice porque as regras da carteira do indicador estabelecem que “serão excluídos os ativos que forem de emissão de uma empresa cujo desempenho de sustentabilidade, no entendimento do CISE (Conselho Deliberativo do Índice de Sustentabilidade Empresarial, tenha sido significativamente alterado em função de algum acontecimento ocorrido durante a vigência da carteira”.

Até o momento, a tragédia já deixou 151 pessoas mortas e 165 permanecem desaparecidas.

** Com informações do UOL e da Época Negócios