Zero de promessas, sem desmate zero na Conferência de Paris, diz diplomata

O Brasil não vai chegar à Conferência do Clima de Paris com a meta de zerar o desmatamento florestal. A afirmação é de um dos negociadores brasileiros, o diplomata Everton Lucero, chefe da divisão de clima, ozônio e segurança química do ministério das Relações Exteriores.

Lucero participou, nesta segunda (21), do Fórum Desmatamento Zero: o Brasil por um clima melhor, promovido pela Folha com patrocínio da Clua (Climate and Land Use Alliance), no Tucarena, em São Paulo.

Embora o Brasil ainda não tenha declarado as metas nacionais oficiais, o que deve fazer na próxima semana em Nova York, Lucero disse que uma medida robusta de corte de emissões de gases do país sozinho não tem necessariamente um impacto.

“O que conta é uma soma entre as emissões, porque impacto é sempre uma média de todos os países”, afirmou.

Ele lembrou que o mais importante nas negociações de Paris é chegar a um acordo que estabeleça uma normativa internacional para servir de guia para que o mundo possa mitigar o aquecimento global.

Por: Cláudio Goldberg Rabin
Fonte: Folha de São Paulo

Leia mais aqui.