Recomeçam buscas por sobreviventes na tragédia de Mariana – MG

Imagem - Globonews

Foram duas barragens de contenção de rejeitos da mineradora Samarco que se romperam em gravíssimo acidente no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana – cidade histórica de Minas Gerais.

Na página oficial do Facebook da Samarco, o presidente Ricardo Vescovi reforça que a prioridade é com o resgate das pessoas e a mobilização contra danos ambientais.

Comunicado

A Samarco informa que houve um rompimento de suas barragens localizadas na unidade de Germano, nos municípios de Ouro Preto e Mariana (MG).

A organização está mobilizando todos os esforços para priorizar o atendimento às pessoas e a mitigação de danos ao meio ambiente. As autoridades foram devidamente informadas e as equipes responsáveis estão no local prestando assistência.

Devido ao grande número de acessos, nosso site apresentou instabilidade e problemas técnicos. Estamos trabalhando para corrigir o problema o mais rápido possível.

Enquanto isso, acompanhe os pronunciamentos da empresa em nossa página oficial no Facebook, onde está disponível o comunicado feito pelo diretor-presidente, Ricardo Vescovi.

Agradecemos a compreensão.

Vistorias técnicas

Agora pela manhã, mais uma barragem – em Ouro Preto – será avaliada por técnicos da mineradora, defesa civil e Ministério Público.

A primeira vistoria da empresa de saneamento de MG, a Copasa, indicou que não houve contaminação nos mananciais do Rio das Velhas, que abastece a região metropolitana de BH.

O Portal Técnico em Mineração postou imagens da destruição. É impressionante e dá a dimensão do impacto social e ambiental.

https://youtu.be/Z5FXg7jBv8w

Buscas continuam

Depois de forte chuva na madrugada, que preocupou muito o Corpo de Bombeiros, com o dia claro, mais de 200 pessoas da Guarda Municipal, dos bombeiros, das polícias Civil e Militar, da Defesa Civil e da mineradora trabalham nas buscas. Oficialmente, uma pessoa morreu de ataque cardíaco.

O secretário de Defesa Social de Mariana, Brás Azevedo, disse que a situação no local é muito grave e há riscos de mais desmoronamentos.

Segundo a prefeitura, o distrito de Bento Rodrigues tem cerca de 600 moradores, em 200 imóveis. Mas como outras localidades podem ter sido atingidas pelo mar de lama, a estimativa é de duas mil pessoas afetadas.

Os moradores desabrigados pela tragédia passaram a noite no ginásio de esportes de Mariana.

No portal de notícias UAI, do jornal O Estado de Minas, postou um vídeo de funcionários da Samarco mostra o momento do rompimento da Barragem do Fundão.