Personalidades mundiais se mobilizam pelos direitos das mulheres

Na véspera do Dia Internacional da Mulher, mais de 80 celebridades se mobilizaram para pedir aos líderes globais, em carta aberta, que criem medidas para combater o sexismo e a pobreza, criando ações que melhorem as condições de acesso de mulheres jovens aos seus direitos básicos, como à educação e à saúde, e as incentivem a participar de programas contra a pobreza.

Na carta, as celebridades afirmaram que a igualdade entre os gêneros é uma luta global. “Em nenhum lugar na terra que as mulheres têm tantas oportunidades quanto os homens. Embora o debate a respeito desta verdade seja intenso em todo lugar, meninas e mulheres vivendo na pobreza extrema – frequentemente as mais atingidas pela injustiça da desigualdade de gênero – têm sido mantidas fora da conversa. Isto precisa mudar”.

Segundo dados, o direito a educação é negado a, aproximadamente, 62 milhões de meninas; meio bilhão de mulheres não sabe ler e 155 países ainda têm leis que discriminam as mulheres.

Entre os mais de 80 signatários da carta, publicada no site ONE, estão: a apresentadora Oprah Winfrey, o cantor Elton John, as atrizes Charlize Theron e Meryl Streep, o cantor e co-fundador da instituição de caridade ONE, Bono Vox, o ator Mark Ruffalo e a autora Shonda Rhimes.

Você também pode fazer parte desta iniciativa!

Para assinar a carta, acesse: http://act.one.org/sign/poverty_is_sexist_letter_US/?source=blog

Para ler a carta na íntegra (em inglês) e fazer o download, clique aqui.