Banco Mundial investirá US$100 milhões na economia rural do Ceará

(Foto: Unsplash)

O Banco Mundial (BM) anunciou o investimento de 100 milhões de dólares para implementar a segunda fase do projeto Desenvolvimento Rural Sustentável e Competitividade no Ceará.

O projeto pretende ampliar o acesso de pequenos produtores a mercados, aumentar a resiliência aos impactos climáticos das plantações, expandir os serviços de água e saneamento, aumentar a produção e fortalecer a capacidade institucional e de coordenação dos principais órgãos setoriais envolvidos na implementação dos programas e políticas de desenvolvimento do estado.

O BM estima que devem ser beneficiados mais de 90 mil moradores nas zonas rurais do estado.

Segundo a ONU, o Ceará é um dos estados mais secos do Brasil e sofre com estiagens prolongadas e desertificação. Nos últimos seis anos, a produção de milho, feijão e arroz e a criação de animais (bovinos, suínos e aves) foram afetadas por uma seca persistente.

** Com informações da ONU Brasil