Cooperativa paranaense ampliará exportação de erva-mate orgânica

Erva-mate
Produção de Erva Mate em São Mateus do Sul. Foto: José Fernando Ogura/ ANPr

A Cooperativa de Reforma Agrária e Erva-mate (Copermate), em Santa Maria do Oeste (PR), recebeu um convênio de R$ 406 mil do Governo do Estado do Paraná. O valor garantiu a aquisição de uma máquina de envase de chás em sachê.

“O recurso é forma de incentivar o cultivo da erva-mate de modo organizado, e diversificar a linha de produtos”, explica o chefe do núcleo regional da Secretaria em Pitanga, José Guilherme Stipp Camilo.

O Programa de Apoio ao Cooperativismo da Agricultura Familiar do Paraná (Coopera Paraná) é uma ação governamental que fortalecer as organizações cooperativas como instrumentos para melhorar a competitividade e a renda dos agricultores familiares.

A Copermate exporta produtos para países como França, Alemanha e Estados Unidos e tem 194 cooperados. Além dos assentados, a cooperativa trabalha com pequenos produtores da agricultura familiar e indígenas do município do Turvo e em parceria com a Guaiak.

O presidente da cooperativa, Adelir de Lima, diz que o convênio para aquisição da máquina vai permitir à cooperativa colocar um novo produto no mercado nacional e internacional, melhorando o comércio já existente.

Aproximadamente 45% da produção é orgânica. São industrializados pela Copermate a erva-mate chimarrão socada e triturada; erva-mate cacheada, chá mate tostado a granel, chá mate verde, palito e pó. Hoje, 13 produtores orgânicos têm certificação pelo IBD.