Erosão do solo reduz o rendimento de plantações, aponta ONU

(Foto: Pixabay)

A cada cinco segundos, uma área de terra do tamanho de um campo de futebol é degradada no planeta e, seguindo a tendência atual, mais de 90% do total do solo pode estar desgastado até 2050. Os dados são de um estudo feito por 500 especialistas consultados.

Segundo a diretora da ONU para a Alimentação e a Agricultura (FAO), Maria Helena Semedo, a agricultura intensiva, a lavoura, a monocultura, pecuária extensiva, expansão urbana, desmatamento, indústria e mineração estão acelerando a erosão do solo, fenômeno que pode causar a perda de até metade do rendimento de algumas culturas agrícolas.

O subsecretário executivo da Convenção das Nações Unidas para a Luta contra a Desertificação, Pradeep Monga, esclarece que ainda é possível recuperar a terra com a adoção de medidas sustentáveis, como a proteção com coberturas vegetais e terraços e criação de programas que conciliem agricultura e meio ambiente para combater à erosão.

** Com informações da EFE