Holanda é contra acordo UE e Mercosul por preocupação com Amazônia

(Foto: Reprodução Facebook Parlamento da Holanda)

O parlamento holandês aprovou uma moção contra a ratificação do acordo de livre comércio da União Europeia com o Mercosul, por causa da preocupação com a situação da Amazônia.

O Partido dos Animais alega que o acordo não deve ser ratificado se não houve proteção à Amazônia ou previnam o desmatamento ilegal.

Os deputados também argumentam que os padrões agrícolas nos países do Mercosul são inferiores ao Europeu e a Europa não tem meios de fazer esses países cumprirem esses padrões. Além disso, o acordo aumenta significamente a concorrência desleal dos agricultores europeus.

A parte econômica do acordo ainda terá de ser aprovada pelo Parlamento Europeu. Os itens do tratado, que envolvam questões fora da área econômica, terão de ser definidas pelo poder legislativo de cada país.

Em outubro, a ministra francesa do Meio Ambiente, Elisabeth Borne, afirmou que seu país não assinará o acordo nas condições atuais do Brasil em relação ao meio ambiente.

“Não podemos assinar um tratado comercial com um país que não respeita a floresta amazônica, que não respeita o tratado de Paris. A França não assinará o acordo do Mercosul nessas condições”, disse a ministra.