Ministério da Agricultura registra mais 22 agrotóxicos

avião pulverizando a plantação
(Foto: Pixabay)

O Ministério da Agricultura, Abastecimento e Pecuária (Mapa) publicou, nesta terça-feira (22), o registro de 22 agrotóxicos formulados, ou seja, que estarão disponíveis para o uso dos agricultores. 

Do total, três são para controle biológico, sendo que dois podem ser usados na produção orgânica. O inseticida é uma mistura dos fungos Beauveria bassiana e Metarhiziumanisopliae para controlar a cigarrinha-das-pastagens e percevejo marrom. Outro, à base do fungo Beauveria bassiana, será destinado para o controle de mosca-branca, moleque-da-bananeira, ácaro rajado, cigarrinha do milho e gorgulho-da-cana. 

O terceiro produto biológico utiliza o fungo Trichodermaasperrellum para o controle de rizoctoniose, uma importante doença que ataca a cultura da batata e causa prejuízos consideráveis.

Segundo o Mapa, já foram registros, em 2020, 22 agrotóxicos para o controle biológico.