Novo fundo internacional financiará fazendas sustentáveis

(Foto: Unsplash)

Foi lançado, nesta terça-feira (29), o Financiamento Facilitado para Agricultura Sustentável (SAFF, sigla em inglês). A iniciativa é um fundo internacional para facilitar o acesso a linhas de crédito para agricultores brasileiros que adotam estratégias de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF).

O SAFF é o primeiro mecanismo financeiro constituído pela Rede ILPF que visa promover a maior adoção de sistemas ILPF no Brasil. A iniciativa é uma parceria público-privada entre Embrapa, John Deere, Syngenta, Cocamar, Ceptis, Bradesco, SOESP, Instituto Brasileiro para o Desenvolvimento e Sustentabilidade (IABS) e JPG Asset Management.

O fundo disponibilizará cerca de US$ 68 milhões no primeiro ano, sendo US$ 62 milhões em crédito para o produtor e US$ 6 milhões para financiamento de programas de certificação, pesquisa, transferência de tecnologia assistência técnica e certificação. O incremento ao fundo acontecerá progressivamente, ano a ano, podendo chegar a US$ 1,4 bilhão em 2026.

“Hoje, o Brasil possui 16 milhões de hectares com sistemas ILPF e a nossa meta é meta chegar a 30 milhões até 2030. O SAFF, sem dúvidas, será uma ferramenta importante para conseguimos sucesso nesse objetivo”, explicou o presidente do Conselho Gestor da Rede ILPF, Renato Rodrigues.

O primeiro critério para acessar o fundo será o monitoramento e a aprovação da propriedade pela sistemática TrustScore. Apenas as fazendas que obterem a pontuação mínima poderão obter o financiamento. Quanto maior o índice de sustentabilidade no TrustScore, menores serão os juros para fazendas que produzem com estratégias de ILPF.

A expectativa é ampliar a adoção da ILPF no Brasil por meio de uma combinação de linhas de crédito acessíveis, certificação e assistência técnica especializada.

O projeto-piloto será implantado até julho de 2021 e vai abranger propriedades de sete estados brasileiros: Paraná, São Paulo, Bahia, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, totalizando 90 mil hectares.