Pesquisa do IFOAM revela que Sistema Participativo cresceu 38,5% no Brasil

Imagem - IFOAM

O IFOAM – a entidade internacional de agricultura orgânica – está coletando dados mundiais sobre Sistemas de Garantia Participativa (PGS na sigla em inglês) para uma pesquisa global bi-anual. Em 2017, a pesquisa on-line foi realizada de junho a novembro e seis países tem seus sistemas participativos reconhecidos em uma regulamentação orgânica nacional, que são: Brasil, Chile, Bolívia, Costa Rica, México e Índia.

Mais e mais governos estão abertos para reconhecer ou adotar o modelo, seja para os mercados locais, para o comércio de longa distância ou transfronteiras. Treze anos se passaram desde a primeira reunião internacional do PGS .

“Estimamos que existem pelo menos 241 iniciativas PGS das quais 116 estão em desenvolvimento e 125 estão totalmente operacionais, com pelo menos 307.872 agricultores envolvidos em todo o mundo e pelo menos 76.229 produtores certificados. Isso inclui principalmente pequenos agricultores e processadores”, informa o pesquisa do IFOAM International .

De acordo com a pesquisa entre 2015 e 2017, nos países onde PGS são reconhecidos pelos governos na legislação orgânica nacional, a taxa de crescimento anual dos produtores certificados da PGS foi significativa, como demonstrado pelos casos da Bolívia (+ 21%), do Brasil (+ 38,5%) e da Índia (+ 48%). Globalmente, a taxa de crescimento anual dos produtores certificados de 2016 a 2017 foi de + 34%.

A Ásia é a região líder com 260.279 produtores envolvidos, dos quais 49.038 são certificados. A Índia é o país líder, com 46.598 produtores certificados da PGS, representando 60% do total de produtores certificados globalmente. Na América Latina, onde muitos governos reconhecem o Sistema Participativo, especialmente como uma ferramenta para certificar pequenos agricultores familares, o número de produtores certificados da PGS aumentou substancialmente, de pouco menos de 3000 em 2015 para quase 17 mil em 2017. Os países líderes são o Brasil, Bolívia e Peru.

Mais informações sobre dados globais sobre o PGS estão disponíveis em uma página da PGS MAP e serão
publicadas na próxima edição do anuário “O mundo da agricultura orgânica” 2018.

 

  • Com informações do IFOAM e do Organic-Market.Info