Produção de alimentos mundial está ameaçada pela perda de biodiversidade

(Foto: Freepik)

A capacidade de produzir alimentos está sendo prejudicada pela perda da biodiversidade, aponta o primeiro estudo da FAO sobre plantas, animais e microorganismos que participam da cadeia de produção.

De acordo com os cientistas, os sistemas naturais que sustentam a dieta humana estão se deteriorando com o uso intensivo e a conversão da terra para agricultura e pecuária, e o uso de produtos químicos.

Cerca de 20% da superfície da terra se tornou menos produtiva nos últimos 20 anos.
Muitas espécies que estão indiretamente envolvidas na produção de alimentos, como aves que comem pragas e árvores que ajudam a purificar a água, tiveram uma perda “debilitante”.

As espécies mais ameaçadas são plantas, pássaros, peixes e fungos. Os polinizadores, que fornecem serviços essenciais a três quartos das plantações do mundo, também estão ameaçados.

Uma vez perdida, as espécies que são críticas para os sistemas alimentares não podem ser recuperadas.

Atualmente, dois terços da produção agrícola são provenientes de apenas nove espécies (cana-de-açúcar, milho, arroz, trigo, batata, soja, óleo de palma, beterraba sacarina e mandioca), enquanto muitas das 6 mil espécies de plantas cultivadas estão em declínio e fontes de alimentos estão se tornando mais difíceis de encontrar.

** Com informações do The Guardian