Amapá vai selecionar projetos de bioeconomia em 2020

(Foto: Gilberto Ubaiara/ Governo do Amapá)

O governador do Amapá, Waldez Góes, anunciou que o Fundo Amapá vai selecionar iniciativas que promovem a bioeconomia na cadeia produtiva e o desenvolvimento econômico e ecológico em unidades de conservação. 

Segundo Góes, os projetos serão selecionados através de chamada pública no primeiro trimestre de 2020 e a expectativa é arrecadar R$5 milhões. 

Os investimentos serão usados para a exploração sustentável, gerando renda e qualidade de vida às populações, e para a manutenção das áreas naturais.

Criado em 2015 pelo governo estadual, o Fundo prevê a captação de recursos de fontes diversificadas, como TACs, doações e pagamentos por serviços ambientais, e opera com um recurso permanente, com desembolsos anuais dos rendimentos das aplicações financeiras.

O Amapá tem o maior índice de preservação do país, com mais de 90% de área conservada, sendo que 70% tem status de áreas protegidas, o equivalente a mais de 10 milhões de hectares de proteção, de acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

** Com informações do G1